Translate

sábado, 26 de julho de 2014

O guardião dos caminhos


Sou o guardião dos caminhos, observo você em cima e embaixo;
 Tenho a chave que abre qualquer caminho, qualquer alma, qualquer substância;
 Sou o equilíbrio da luz e da sombra, da causa e do efeito e permaneço soberano na minha consciência;
 Sei que tempo e espaço são uma coisa única e vejo eles acontecerem a cada dia cada vez que um ser nasce e morre;
 Sou o consolo das lágrimas, a exaltação da alegria, o alívio da conquista e o rejubilo do amor;
 Posso estar com você e a anos-luz, galáxia distante e percorro tudo isso assim que você pisca os olhos...
 Sou sua divindade, a absoluta, que não pode ser contida por livros, por idéias ou pela mente e com absoluta majestade, reino com todo o céu e sou servido por todo inferno;
 Sou a força da alma e o alicerce da vontade e quando você está comigo, tenho tudo...
 Terra, água, fogo e ar fazem parte de mim.
 Uno e verso podendo ser, sou a resposta da dúvida e o mistério da alma...
 Axé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.